Atividade

Concebemos, desenvolvemos e implementamos dispositivos médicos tecnológicos numa sinergia única entre Engenharia e Saúde, criada por profissionais com grande experiência. Para tal, dispomos de uma equipa multidisciplinar, com experiência e conhecimentos nas áreas de engenharia mecânica, biomecânica, eletrotécnica e informática com uma sólida experiência em instrumentação, controlo de sistemas e robótica.

Estas competências, aliadas a importantes sinergias desenvolvidas na área da saúde, permitem à Sensing Future definir especificações técnicas e desenvolver dispositivos médicos inovadores, flexíveis e modulares.

ID&I

Numa estratégia sustentada de aperfeiçoamento e alargamento das suas competências, a Sensing Future integra e está aberta a participações em projetos de Investigação, Desenvolvimento & Inovação (ID&I), através de parcerias com consórcios nacionais e internacionais, nomeadamente entidades de ensino superior, clínicas, centros médicos, institutos e empresas no âmbito do Portugal 2020 e Horizonte 2020.

Conheça os nossos projetos

 

Promotores

  Carlos Alcobia

Carlos Alcobia

Doutorado em Engenharia Mecânica pela Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade de Coimbra, é Professor Adjunto no Instituto Superior de Engenharia de Coimbra, onde orientou vários trabalhos no âmbito da saúde.


  Luís Ferreira

Luis Ferreira

Mestre em Engenharia Mecânica pela Universidade de Coimbra, desenvolveu diversos trabalhos na área da biomecânica e na conceção de dispositivos médicos. É responsável pelo desenvolvimento técnico.

 

 

  Pedro Mendes

Pedro Mendes

Mestre em Engenharia Mecânica pela Universidade de Coimbra, desenvolveu diversos trabalhos na área da biomecânica e na conceção de dispositivos médicos. É responsável pela acção comercial e marketing.

  Controlar

Fernando Leite

A Controlar, representada por Fernando Leite, é uma empresa de referência em automação, eletrónica e sistemas. A sua estratégia de expansão concretizou-se na entrada em duas empresas espanholas de automação, nas áreas aerospacial e militar, e atualmente na Sensing Future na área da saúde.

História

A história da Sensing Future tem início em 2009, com a participação dos seus promotores, Carlos Alcobia, Luís Ferreira e Pedro Mendes, no 6º Poliempreende – Projetos de Vocação Empresarial, onde viriam o conquistar o 1º lugar a nível nacional.

Na sequência de contactos efetuados com entidades conhecedoras do mercado, a empresa Controlar – Electrónica Industrial e Sistemas, Lda., seria integrada no projeto, revelando-se fulcral para a constituição da start-up.

Constituída em Dezembro de 2011, a Sensing Future está vocacionada para a criação de dispositivos médicos tecnológicos para terapia e reabilitação física.

Fisicamente incubada a partir de 2012 na Incubadora de Empresas do Instituto Pedro Nunes, a Sensing Future reúne, entre competências técnicas, know how corporativo e espírito inovador, as condições necessárias para desempenhar um papel precursor e decisivo no âmbito do Health Care & Medical Solutions.

A inserção da Sensing Future na Região Centro potencia uma rede privilegiada de contactos no setor da saúde, nomeadamente profissionais e instituições de ensino ligados à Universidade de Coimbra, ao Centro Hospitalar de Coimbra, à Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra e à Universidade de Aveiro.